domingo, 6 de maio de 2012

0

O assassino de Luis Paulo Oliveira Barbosa se sentenciou e deu a si próprio a Pena de Morte



Luiz Cláudio Marques de Albuquerque, de 44 anos, professor da FATEC e também acusado pela morte do jovem Luis Paulo Oliveira Barbosa, cometeu suicídio, pondo fim a sua própria vida. Vida essa que vinha marcada por sangue e lágrimas, daqueles que não se conformavam com a morte brutal e banal do jovem, que teve a vida ceifada aos 20 anos.

Nem todos conseguem conviver e carregar a culpa de saber que destruíram além de uma vida, lares e famílias e Luiz Cláudio provavelmente não conseguiu conviver com essa culpa, imposta por sua consciência, que deve tê-lo atormentado e consumido-o durante 1 ano e 4 meses, desde que tirou a vida do jovem Luis Paulo, no dia 24 de dezembro de 2010, por motivo torpe e banal, transformando desde então a vida dos pais de Luis Paulo, num grande e avassalador sofrimento, que os fizeram ir à luta, em busca de Justiça.

A Justiça dos homens não foi feita, apesar da incessante luta dos pais de Luis Paulo, para que o algoz do filho deles fosse julgado e condenado, mas a de Deus de certo que ele não escapará.
Que Deus em sua infinita bondade e misericórdia possa dar ao assassino e também suicida, Luiz Cláudio Marques de Albuquerque, o entendimento e diante do arrependimento o perdão, para que ele se liberte do mundo das trevas e que enfim o jovem Luis Paulo Oliveira Barbosa possa descansar em paz.

Aos amigos queridos José Antônio Barbosa e Adriana Oliveira Barbosa, pais do jovem Luis Paulo, bem como ao irmão Lucas, esposa Wanessa e filhinho Paulo Henrique, presto todo meu carinho e solidariedade, desejo que esse ciclo se encerre e rogo-lhes também que consigam tirar a mágoa do peito, para que possam também viver em paz, tendo a certeza de que Luiz Paulo, sendo um anjo de luz, sempre estará por perto e que um dia ainda irão se reencontrar, pois quem amou aqui se encontra no infinito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário