terça-feira, 15 de novembro de 2011

3

Julgamento do 2º acusado de ter assassinado o pequeno João Roberto Amorim Soares


O julgamento do soldado Elias Gonçalves da Costa Neto que acompanhava o cabo William de Paula e é acusado de matar o pequeno João Roberto Amorim Soares será realizado no dia 24 de novembro de 2011, no 2º Tribunal do Júri, às 13 horas, no Rio de Janeiro.

O cabo William de Paula, acusado de matar o menino, João Roberto, 3 anos, na Tijuca, foi absolvido pelo crime de homicídio doloso, por quatro votos a três, em julgamento no dia 10/12/2008 no 2º Tribunal do Júri. Ele foi condenado por lesão corporal leve contra a mãe e o irmão do menino a sete meses em regime aberto, mas a pena foi convertida para prestação de serviços comunitários por 1 ano.
O Ministério Público recorreu e, em 2009, a Justiça anulou a sentença, determinando que o acusado fosse levado a novo julgamento pelo Tribunal do Júri. O denunciado Elias Gonçalves recorreu da sentença de pronúncia. Com isso, o seu processo foi desmembrado e ele será julgado pelo 2º Tribunal do Júri.

O menino João Roberto Amorim Soares, de 3 anos, foi baleado no dia 06/07/08 na Tijuca, quando policiais militares metralharam o carro de sua mãe, a advogada Alessandra Soares, e morreu às 20h10 do dia 07/07/08. De acordo com testemunhas, o carro teria sido “confundido” por policiais como o veículo usado por criminosos em fuga.
Pelo menos 20 disparos teriam sido feitos, sendo que um acertou a criança na cabeça e dois atingiram a mãe - na perna e na barriga. O tiroteio aconteceu a duas quadras da 19ª Delegacia de Polícia. 

Memorial Gabriela Sou da Paz: João Roberto Amorim Soares (Assassinato) 

O que a família do pequeno João Roberto e a sociedade espera é que dessa vez seja feito justiça e que os responsáveis por terem ceifado, de forma irresponsável, a vida da pequena criança sejam punidos. Que a Justiça seja feita...ainda que tardia!!!


"Eu sou cidadão de bem, eu pago meus impostos, eu estava trabalhando pra isso... Eu não posso pagar por essa sociedade podre que eles construíram... eu sou uma pessoa de bem... é isso que eu sou..." (Paulo Soares)


Link Relacionado:

O pequeno João Roberto Amorim Soares não teve uma 2ª chance

3 comentários:

  1. Estamos na luta
    Seus pais hoje são um exemplo de luta e determinação.
    Eles buscam a justiça dos homens para que sua partida
    não tenha sido em vão. PAZ E MUITA LUZ.

    Santiago - Pai de Gabriela.

    ResponderExcluir
  2. POR QUE MAMÃE ?

    Mamãe me explique
    eu preciso entender,
    Por que mamãe?
    Por que ?

    Por que eu devo me abaixar ?
    Eu sou apenas uma criança inocente...
    Eu não sou bandido !

    Por que mamãe
    eu tenho que me abaixar ?

    Mamãe estávamos tão felizes,
    voltavámos de uma festinha
    e agora estamos aqui...
    eu não estou entendendo!

    Por que mamãe
    eu tenho que me abaixar ?

    Mamãe querida, não dá mais tempo e
    eu não vou conseguir ouvir a sua resposta.

    Não sei por que mamãe eu morri,
    mas saiba mamãe que eu sempre
    irei amar você, o papai e o meu irmãozinho.

    Homenagem a João Roberto Amorim Soares
    Um inocente de 3 anos e 11 meses
    Assassinado em 06/07/08
    Vítima do Despreparo da Polícia do RJ
    e da Irresponsabilidade Humana

    Sandra Domingues
    07/07/08
    São Paulo - SP- Brasil

    ResponderExcluir
  3. Sensibilidade admirável! pessoas como você nos faz seguir acreditando em dias melhores! e trabalhando incansavelmente pelo bem comum!

    ResponderExcluir