domingo, 10 de maio de 2015

0

Grupo Justiça é o que se Busca em Festa! Agora é a nossa vez de Brindar!

 
Mais um caso que não deixamos cair no esquecimento e mais uma vitória da SOCIEDADE!!!


Amanhã completam 6 meses da triste tragédia que acometeu a vida do subtenente do Exército Francileudo Bezerra Severino e vitimou o pequeno Lewdo Ricardo Coelho Severino.

Depois de 6 meses de luta vimos a justiça ser feita, com a prisão da assassina.

Cristiane Renata Coelho brindou, com o amante, a morte do filho, sem pudor algum...dias após o crime, com o subtenente Lewdo Bezerra em coma.

Agora é a nossa vez de Brindar!!!


Desde que tomei conhecimento desse triste caso, envolvendo o subtenente do Exército Brasileiro Francileudo Bezerra Severino, na manhã seguinte ao crime, contrariando todas as notícias veiculadas e comentários postados em redes sociais e noticiários, coloquei-me na posição de defesa do acusado e tive o apoio total do Grupo Justiça é o que se busca.

Durante o período que o subtenente Lewdo esteve em coma fomos a voz dele. Hoje, graças a Deus, ele está vivo, se recuperando e estamos ao lado dele nessa luta, na busca por justiça para o pequeno Lewdinho.

O pequeno Lewdo Ricardo Coelho Severino, de apenas 9 anos, que era autista, foi morto, envenenado com chumbinho, colocado no sorvete, pela própria mãe, Cristiane Renata Coelho. Além de matar o filho envenenado, Cristiane também envenenou o marido. Os viu agonizar e quando estava certa de que estavam mortos chamou o resgate. Com a chegada da polícia, uma vez que o subtenente ainda estava vivo, foi dado a ele voz de prisão, mesmo em coma, diante das falsas acusações da esposa, que imputou a esse a autoria do crime, ocorrido na madrugada de 11/11/2014, no bairro Dias Macedo, em Fortaleza-CE.

O inquérito policial, presidido pelo delegado Dr. Wilder Brito, foi finalizado e entregue ao Ministério Público no dia 27 de abril, sendo Cristiane indiciada por matar um dos filhos do casal e tentar assassinar o marido. No dia 04 de maio promotor de Justiça Humberto Ibiapina a pronunciou e no dia 07 a juíza Daniela Lima da Rocha, da 3ª Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza  acatou a denuncia e expediu o mandado de prisão. Cristiane foi presa no dia 08 de maio de 2015 e deve aguardar o julgamento presa.

Cristiane Renata Coelho responderá por homicídio e tentativa de homicídio triplamente qualificados e pode pegar de 12 a 30 anos de prisão, em regime fechado.

Nossos sinceros agradecimentos ao Delegado Dr. Wilder Brito Sobreira, advogado Dr. Walmir Medeiros, promotor Humberto Ibiapina e Juíza Daniela Lima da Rocha.

"Quando temos que ser a voz dos inocentes Justiça é o que se Busca" (Sandra Domingues)


Vídeo: Solange Vieira 




Nenhum comentário:

Postar um comentário