sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

5

Matar é fácil quando se tem a certeza da IMPUNIDADE


Você teria coragem de levar a sua família, namorada, amigos para almoçarem nesse restaurante ?!

Assista a reportagem feita pela baxinhanews e veja o PERIGO que lhe cerca!

Pai e filho, José Adão Ferreira de Passos (foto, de bigode), de 53 anos, e o filho, Diego Souza Passos, de 24 anos, donos de um restaurante, no Guarujá, se envolveram numa briga com um dos clientes, na véspera de Ano Novo (31/12/2012) e o pai tirou, de forma COVARDE, a vida do universitário campineiro Mário dos Santos Sampaio, de 22 anos, que não aceitou que ele e seus amigos fossem vítimas de um GOLPE, pelos donos do restaurante!!!

R E V O L T A N T E demais esse caso...e fica a certeza de que no BRASIL, quando se quer descarregar o ÓDIO e MALDADE que se tem dentro de si....MATAR resolve e compensa.

Após matar de forma covarde e cruel o jovem Mário Sampaio, pai e filho fugiram, apresentaram-se à polícia, dias depois e saíram pela porta da frente...alegando legítima defesa.

Legítima defesa ?! Matar alguém com 3 facadas PELAS COSTAS ?! 

De acordo com a reportagem, o jovem Mário não queria briga...tanto que tentou chamar a polícia para se proteger do GOLPE e também da morte...mas ele não teve tempo, pois foi COVARDEMENTE assassinado por esse VIGARISTA ASSASSINO!

A Sociedade não suporta mas isso e EXIGIMOS a Revisão do CÓDIGO PENAL JÁ!!!

Queremos Leis mais rígidas e que as penalidades sejam aplicadas de acordo com a monstruosidade praticada e as penas sejam cumpridas em sua totalidade...do contrário fica facinho...facinho matar...afinal, ainda que condenados a 30 anos de cadeia (coisa que raramente vemos), cumprirão apenas 2/5 da pena, somado aos atenuantes que as reduzem ainda mais...e o que são 7 ou 8 anos de reclusão, tomando banho de sol, fazendo sexo, jogando bola, comendo, bebendo...engordando feito porcos as nossas custas?!

5 comentários:

  1. Nossa....o Guarujá anda que é um perigo só de se frequentar!!!dois turistas mortos???aaaaafffff!!!querem acabar com o turismo,carro chefe da economia ,na cidade!!!

    ResponderExcluir
  2. Esse caso é tão revoltante...minha indignação é tamanha e pior ainda por não poder falar o que de fato penso e o que gostaria que fosse feito com esses dois COVARDES e com esse local...pois corro o risco de ser processada por instigar a violência...mas tem que ter muito sangue frio para aguentar os mandos e desmandos da Nossa VERGONHOSA Constituição e não poder fazer nada.

    ResponderExcluir
  3. R E V O L T A N T E...

    Vejam...de acordo com a matéria do Jornal A Tribuna

    De acordo com um morador do bairro no qual está a churrascaria, que opta pelo anonimato, confusões no local são constantes. “Principalmente aos finais de semana e envolvendo o filho (Diego Souza Passos, o gerente)”.

    Ele afirma que “eles sempre colocam cartazes com um preço, mas assim que a casa enche trocam os mesmos por outros, com valores maiores. Isso já gerou muita briga”.

    Essa não é a primeira vez que o dono da Churrascaria e Pizzaria Casa Grande, José Adão Pereira Passos, acusado de matar o estudante Mário dos Santos Sampaio, de 22, tem problemas com a polícia.

    Em 2011, após almoçar no estabelecimento, um cliente teria se desentendido com José Adão, terminando em uma confusão. No meio da discussão, o dono do restaurante sacou uma faca e ameaçou o cliente. Incrédula, a vítima compareceu à Delegacia Sede da Cidade e registrou um boletim de ocorrência contra o agressor.

    http://www.atribuna.com.br/noticias.asp?idnoticia=178079&idDepartamento=11&idCategoria=0

    ResponderExcluir
  4. JUSTIÇA SENDO FEITA!!!

    Comerciante é preso pela morte do universitário
    José Adão Pereira Passos matou a facadas o estudante campineiro Mário dos Santos Sampaio.

    Na terça-feira (8), a Polícia Civil teve acesso ao áudio com o telefonema da vítima que foi feito à Polícia Militar minutos antes dela ser morta. A ligação foi feita porque Sampaio, ao sentir-se ameaçado pelo comerciante, pediu auxílio da PM.

    O telefonema entrou no inquérito que apura o caso e reforça a versão dos amigos de Sampaio, que presenciaram o crime. Segundo as testemunhas, a vítima levou um tapa na cara ao ligar para a polícia.
    O motivo da briga foi a diferença de R$ 7 na conta do restaurante.

    http://correio.rac.com.br/_conteudo/2013/01/capa/campinas_e_rmc/leia_mais/22341-comerciante-e-preso-pela-morte-do-universitario.html

    ResponderExcluir