sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

0

Gil Rugai opta pelo direito ao silêncio...quem não deve não teme!



Pobre Papai...pobre Lele...

Depois do teatro de quinta categoria, no 3º dia de julgamento,  estou convencida da culpa desse Psicopata Frio e Calculista.
Confesso ter saído, na quarta-feira, balançada...diante da atuação da defesa que se empunha, de forma assustadora e fazia, até então, ao meu modo de ver, um trabalho admirável...mas ontem (21/02)....as máscaras caíram e a verdade veio à tona...ou melhor a lona do Circo caiu: 

Segunda-feira: para a defesa a motivação do crime era por causa do Narcotráfico; tentaram fazer das vítimas...que não podem se defender, traficantes, chefes de quadrilha;

Terça-feira: alguém teria entrado na casa para roubar uma fita de vídeo, que poderia ter algum conteúdo comprometedor;

Quarta-feira: interrogam o Léo Rugai, irmão do acusado, como se fosse ele o réu...inclusive, expondo que ele seria, na ocasião, usuário de drogas, tentativa essa de imputar a suspeita do crime ao Léo...o que de fato conseguiram, ao menos em mim, plantar essa dúvida;

Quinta-feira: após o término do júri, dizem aos jornalistas que o "suspeito" é um funcionário da empresa, por conta de uma ação trabalhista...e em meio a todo esse CIRCO com o AVAL DA JUSTIÇA...cerceiam o DIREITO DA ACUSAÇÃO...tentam livrar da cadeia um ASSASSINO FRIO E CALCULISTA, que é acusado de um duplo homicídio...sendo as vítimas, nada mais nada menos do que o pai e madrasta do acusado;

E hoje, sexta-feira??? Será que vai virar um crime passional?! Será que vão alegar que o Luiz Rugai matou a Alessandra com 3 tiros e depois se suicidou com 4 tiros? Ou será que teremos o homem aranha, o homem de preto...como suspeitos?!

O teatro de quinta categoria, do filhinho se referindo ao pai e madrasta, como papai e a Lele...e todo feliz, como criança que acaba de ganhar uma bicicleta no Natal, ao saber que os advogados tinham na manga uma prova, guardada à sete chaves...esse tempo todo e ele não sabia!? Será que eles querem mesmo que acreditemos que o Gil Rugai nunca tomou conhecimento da conta de telefone...onde constam algumas ligações na semana do crime de Gil para o Pai...na tentativa de nos convencer de que tinham um bom relacionamento ?! Aff...é subestimar demais a inteligência dos jurados, do plenário, jornalistas e toda sociedade! 
E pior das várias ligações feitas...o detalhe...a maioria zerada 00:00 de conversa...o que indica que foram tentativas de se falar e não conversas amistosas realizadas.

Quem não deve não teme! A tática da defesa em instruir o Gil Rugai a manter-se calado, não respondendo as perguntas da promotoria, foi um verdadeiro tiro no pé!

Promotor Rogério Zagallo parabéns por sua belíssima atuação e estendo os cumprimentos ao assistente de acusação, do Dr. Ubirajara Mangini, ainda que tolhidos, tendo o direito de buscar a verdade cerceado o tempo todo...no pouco tempo que conseguiram e puderam se manifestar...não deixaram a desejar.
Estamos confiantes de que o senhor conseguirá convencer os jurados de que estão diante de um ASSASSINO frio e calculista...de alta periculosidade.

Justiça seja feita para Luiz Carlos Rugai e Alessandra Troitino...vítimas que não podem se defender...

"Quando temos que ser a voz dos inocentes Justiça é o que se Busca"

Sandra Domingues

Nenhum comentário:

Postar um comentário