segunda-feira, 19 de março de 2012

13

O QUE A IGREJA UNIVERSAL ESQUECE DE DIZER

O QUE A IGREJA UNIVERSAL ESQUECE DE DIZER

Domingo (18/03) assistimos perplexos e estarrecidos a reportagem exibida pelo Jornalista Marcelo Rezende, no Programa Domingo Espetacular, da Rede Record cujo dono é o Bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, sobre o provável enriquecimento ilícito do Bispo Waldomiro Santiago, da Igreja Mundial, as custas dos fiéis, o que a meu ver nada mais é do que "O Sujo falando do Mal Lavado"...porém o que denuncio aqui chega ser ainda mais estarrecedor e revoltante...O caso do adolescente Lucas Terra, onde a Igreja Universal faz vista grossa.

Lucas Terra foi abusado sexualmente e queimado vivo, aos 14 anos de idade. Os 3 acusados, envolvidos no crime são bispos e pastores da Igreja Universal do Reino de Deus, sendo que dois deles continuam pregando.

Segundo informações de Marion Terra, mãe de Lucas Terra, Fernando Aparecido da Silva, bispo de Feira de Santana, na Bahia e Joel Miranda, pastor da igreja de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, continuam "pregando" na igreja Universal e custam 1 milhão de reais que são pagos aos seus advogados.

O autor do crime, pastor Silvio Roberto Galiza, também da Igreja Universal...foi condenado a 18 anos, mas já recebeu o benefício do regime semi-aberto...as famosas e terríveis "BRECHAS DA LEI"

Dia 21/03 completam-se 11 anos da morte do adolescente 
Lucas Terra e o crime está prestes a prescrever e com isso os outros dois envolvidos, bispo e pastor, sairão IMPUNES.

O pai de Lucas Terra, o amigo Carlos Terra está acampando no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, um ato de protesto para cobrar celeridade da Justiça na pronúncia da sentença por parte do juiz e promete não sair de lá enquanto os 2 acusados na morte do filho não forem pronunciados.

Vamos ajudar o casal Terra...vamos pressionar enviando e-mails ao TJBH e à imprensa para que o caso, que por si só já é por demais REVOLTANTE, ganhe repercussão nacional e que a JUSTIÇA seja feita!

Enviem e-mails para ao presidente do TJ da Bahia, desembargador Mário Alberto Hirs, pedindo que os 2 acusados, envolvidos na morte do adolescente Lucas Terra; bispo Fernando Aparecido da Silva e pastor Joel Miranda, sejam levados à júri popular.

                      E-mails devem ser enviados para:
presidencia@tjba.jus.br

Contamos mais uma vez com a ajuda de todos os amigos de luta e com toda a sociedade civil, que não aguenta mais conviver com a IMPUNIDADE!

MARION TERRA (Mãe)
Tel.: (71) 9172-6884




Links Relacionados:

- MEMORIAL GABRIELA SOU DA PAZ: LUCAS VARGAS TERRA (PEDOFILIA)
REVISTA ZAP: CASO LUCAS TERRA NA ÍNTEGRA 

13 comentários:

  1. À família de Lucas Terra todo meu carinho e solidariedade.

    Peço aos amigos e a toda sociedade civil que enviem e-mails para ao presidente do TJ da Bahia, desembargador Mário Alberto Hirs, pedindo que os 2 acusados, envolvidos na morte do adolescente Lucas Terra; bispo Fernando Aparecido da Silva e pastor Joel Miranda, sejam levados à júri popular.

    E-mails devem ser enviados para: presidencia@tjba.jus.br

    ResponderExcluir
  2. ‎----- Original Message -----
    From: Jose de Avelar
    To: presidencia@tjba.jus.br
    Sent: Tuesday, March 20, 2012 4:18 PM
    Subject: Impunidade NÃO!

    Excelentissimo Senhor Desembargador Mario Alberto Hirs

    Referente: Caso Lucas Terra.

    Senhor Desembargador:

    Venho me juntar às milhares de pessoas de bem, que continuam indignadas contra os crimes praticados e que pelas "brechas da Lei, seus autores continuam gozando de plena liberdade.

    Refiro-me ao Caso Lucas Terra, ocorrido em um dia 21 de Março de onze anos atrás, em que duas pessoas acusadas do mesmo, Bispo Fernando Aparecido da Silva e Pastor Joel miranda ainda estão em liberdade e pelo que se sabe, nem foram pronunciados. Esperamos que os mesmos sejam julgados por júri popular.

    Até quando vamos tolerar que a Impunidade se alastre, e que através de Advogados contratados a "peso de ouro", esses criminosos, até debochem das Leis?

    Este documento (e-mail) evidentemente, não coloca em duvidas a dignidade da Justiça Baiana, e nem tampouco por si só, serve de instrumento de pressão à autonomia da mesma justiça. Serve no entanto, para se somar - como disse - aos milhares e ou milhões de brasileiros que clamam por justiça.

    Assim, sendo, se torna "A Voz do Povo"! E que não tenhamos que repetir a célebre frase do Baiano Rui Barbosa.

    Respeitosamente,

    José Carlos de Avelar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa absurda, meu Deus, eu não sabia desse caso, como que pode ainda essa pessoa continuar sendo pastor, isso prova só a falta de seriedade dessa igreja, deveriam ter apoiado a familia desse menino!!Muito triste.

      Excluir
  3. From: Taciana Bouéri
    To: presidencia@tjba.jus.br
    Cc: srsdomingues@terra.com.br
    Sent: Tuesday, March 20, 2012 10:49 PM
    Subject: Chega de impunidade! Caso Lucas Terra.


    Exmo. Sr. Desembargador Mário Alberto Hirs, boa noite!

    Venho através desse e-mail pedir que o caso de Lucas Terra não seja mais um no rol de impunidades nesse país. Não podemos mais tolerar que assassinos maculem o que temos de mais precioso nessa vida; a família. A família de Lucas está dilacerada há 11 anos.

    Ainda confiamos que a Justiça brasileira se estabeleça e que os assassinos do jovem Lucas Terra (Fernando Aparecido da Silva e Joel Miranda) sejam levados a júri popular. Atenda a essa súplica de pessoas que se unem por um só objetivo: Justiça!

    Respeitosamente,

    Taciana Bouéri
    São José dos Campos - SP - Brasil

    ResponderExcluir
  4. Mensagem enviada pelo presidente da ASI (Associação Serrana de Imprensa) Petrópolis - RJ

    ----- Original Message -----
    From: Roberto Perez
    To: presidencia@tjba.jus.br
    Cc: xxxxxx@diariosp.com.br ; Sandra Domingues
    Sent: Wednesday, March 21, 2012 2:50 PM
    Subject: Re: ***URGENTE*** CASO LUCAS TERRA - CRIME PERTO DE PRESCREVER !!!

    Estamos solidários aos pais desse jovem assassinado e vamos acompanhar ainda mais de perto o caso.

    Damos espaço para NOTA desse juízo, caso seja de seu interesse.

    Att.

    Roberto Perez
    Presidente

    ResponderExcluir
  5. ----- Original Message -----
    From: Maria Cláudia Pela Paz
    To: presidencia@tjba.jus.br
    Sent: Wednesday, March 21, 2012 7:09 PM
    Subject: JUSTIÇA PARA LUCAS TERRA

    Exmo. Sr.

    Desembargador MÁRIO ALBERTO HIRS

    Presidente do Tribunal de Justiça da Bahia

    Em nome do Movimento Maria Cláudia Pela Paz, solicito que sejam levados a júri popular, o bispo Fernando Aparecido da Silva e o pastor Joel Mirando, acusados de envolvimento no bárbaro assassinato do adolescente de 14 anos Lucas Terra, abusado sexualmente e queimado vivo, num dos crimes mais cruéis que se tem conhecimento neste país.

    Não é possível crer que a justiça continue de olhos vendados. Prestes a ser prescrito --crimes hediondos jamais deveriam prescrever-- a sociedade teme que marcada pela dor, a família enlutada, de Lucas e todos nós, seres de bem, vejamos a impunidade se impor. Por isso, com todo o respeito que a Justiça merece, peço-lhe especial atenção para que os criminosos sejam julgados e cumpram na cadeia a pena que lhes é devida, como um mínimo de satisfação que todo o povo brasileiro que cumpre seus deveres merece e que para que os pais, amigos e cidadãos e cidadãs que lutam por justiça, vejam-na ser feita, e possam continuar suas vidas com a garantia de que em mais um caso, a impunidade não terá sido maior que as autoridades que juraram em sua formatura decidir em prol das vítimas.

    Respeitosamente,

    Cristina Del'Isola

    www.mariaclaudiapelapaz.org

    ResponderExcluir
  6. BRASIL,
    EU MANDEI O MEU E-MAIL
    MANDE TB O SEU!

    EXELENTÍSSIMO DESEMBARGADOR
    MÁRIO ALBERTO HIRS


    EU, SANDRA CASSARO, FILHA DO PREFEITO ASSASSINADO ANASTACIO CASSARO-ES, em meu nome e em nome do MOVIMENTO JUSTIÇA BRASIL-ES, vimos até V.EXA. apresentar nossa indignação com mais este assassinato dentre inúmeros deste país.

    Não podemos conceber NOBRE DESEMBARGADOR que assassinos frios e calculistas, driblem a lei, a aplicação efetiva do código penal, por conta das infindáveis BRECHAS DAS LEIS, para a infelicidade nossa, FAMILIARES DE VÍTIMAS, que nos restou apenas a chance de ver punidos aqueles que invadiram nossos lares e nos deixarem sucos irreversíveis DE DOR para sempre.

    Em nome de toda luta pelo "CASO ANASTACIO CASSARO", MEU AMADO PAI, com 25 anos de impunidade, onde a SENTENÇA DE PRONÚNCIA saiu, pasme DESEMBARGADOR, 15 ANOS APÓS O CRIME, peço humildemente que a lei no "CASO LUCAS TERRA", seja aplicada com todo seu rigor, e que os HOJE ACUSADOS de seu assassinato se tornem "RÉUS", LEVADOS A JÚRI POPULAR, e que jamais passe perto do que aconteceu no CASO DO MEU AMADO PAI com 25 angustiosos anos de grande espera por justiça.

    Acreditamos na JUSTIÇA BRASILEIRA, na JUSTIÇA DA BAHIA, na pessoa de V.EXMO., que veremos sentandos nos bancos dos réus, JULGADOS E CONDENADOS os mosntros e algozes de LUCAS TERRA.

    QUEREMOS POUCO PARA QUEM PERDEU TANTO: "APENAS JUSTIÇA" !

    Abraço Cordial

    SANDRA CASSARO
    Presidente do MOVIMENTO JUSTIÇA BRASIL

    ResponderExcluir
  7. From: Deputada Keiko Ota
    To: presidencia@tjba.jus.br
    Sent: Thursday, March 22, 2012 5:49 PM
    Subject: Deputada Federal Keiko Ota (PSB/SP) - Pedido de atenção especial ao caso do adolescente Lucas Terra.


    CÂMARA DOS DEPUTADOS
    GABINETE DA DEPUTADA KEIKO OTA


    Excelentíssimo Senhor Doutor Desembargador Mário Alberto Hirs,

    Venho por meio deste, externar a minha sensibilidade com o caso do adolescente Lucas Terra que aos 14 anos foi abusado sexualmente e queimado vivo, crime que tem como acusados os senhores Bispo Fernando Aparecido da Silva e Pastor Joel Miranda, e em consequência solicitar encarecidamente especial atenção de Vossa Excelência ao referido caso.

    O crime acaba de completar 11 anos e encontra-se prestes a prescrever, o que causaria uma imensa perplexidade em nossa sociedade, em especial às famílias que foram tragicamente destruídas por crimes hediondos.

    Como Presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Vítimas de Violência e da União em Defesa das Vítimas de Violência (UDVV), ambas tendo como sua principal bandeira o fim da sensação de impunidade no nosso país, reforço o meu apelo para que o presente caso não seja tratado de maneira a trazer a família da vítima ainda mais sofrimento e dor.

    Respeitosamente,

    Deputada Keiko Ota

    Presidente
    Frente Parlamentar em Defesa das Vítimas de Violência

    União em Defesa das Vítimas de Violência (UDVV)

    www.udvv.com.br

    ResponderExcluir
  8. A única coisa que vale a pena nessa sujeirada toda é ver o Jornalista Marcelo Rezende apresentando o CIRCO!!! Nada como um dia após o outro!

    D E P R I M E N T E !!!

    ResponderExcluir
  9. Sandra vou ajudar gostei de suas informações.
    Sei que é dificil, mas unidos somos fortes.
    Conte com o Tupinamblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu era membro dessa igreja Universal, mas como vi que muita coisa que os lideres dela fazem não condizem com pessoas que se dizem Cristãos, saí fora. Um exemplo é que quando eu ainda estava lá e eles falaram mal do Ap. Valdomiro Santiago, eu que "não tiro ninguém pra compadre", averiguei as acusações e vi que realmente era tudo mentira. É que eles, dessa igreja, estão desesperados porque os membros estão indo pra Mundial.
    Mas Deus me mostrou várias outras coisas também.
    Saí de lá mas não abandonei Deus, claro.

    Vou mandar email p/ o presidente do TJ/BH. Vou ajudar sim!

    ResponderExcluir
  11. O Galiza JÁ ESTÁ SOLTO....esse foi o único que ficou um "tempinho" preso em regime semi-aberto, ele foi condenado a 18 anos de prisão, mas no dia 13/07/2012 foi beneficiado pela regressão de pena, ou melhor, as famosas brechas PORCAS da nossa Legislação...e já está nas ruas...como se não devesse nada para ninguém...porém os pais de Lucas Terra ainda choram lágrimas de sangue TODOS OS DIAS e vão chorar até o último dia de suas vidas...para eles a SENTENÇA FOI PERPÉTUA!!!
    Já os outros dois; um "Bispo" e um "Pastor" da UNIVERSAL continuam livres, leves e soltos...até hoje...11 anos depois...e pior..pregando nas igrejas!!!
    Deus tenha piedade das crianças que frequentam os cultos que eles ministram...pois só DEUS para protegê-las.

    ResponderExcluir
  12. EMAIL ENVIADO AO BISPO EDIR MACEDO EM 19/12/2012

    ----- Original Message -----
    From: Sandra Domingues
    To: xxxxxx@bispomacedo.com.br
    Sent: Wednesday, December 19, 2012 8:11 PM
    Subject: Caso Lucas Terra peço ajuda da Record para que a Justiça seja feita

    Prezado Bispo Edir Macedo,

    Tendo em vista que esse crime bárbaro e cruel aconteceu dentro de uma IURD gostaria de ter a sua posição sobre o caso.
    Por que a Igreja ou a sua emissora nunca apoiou o casal Terra ? Com isso até se livrariam da carga que acabou lhe caindo nas costas...pois bem sabemos que essa barbaridade poderia ter acontecido em qualquer igreja, de qualquer religião, porque o que discuto aqui não é a religião e sim a posição da Igreja e da emissora diante desse caso, inclusive, segundo a mãe da vítima, tendo os acusados proteção da igreja, que custeia os advogados para mantê-los ilesos e o caso permaneça impune.

    Lucas Terra foi abusado sexualmente e queimado vivo, aos 14 anos de idade. O crime aconteceu na Bahia no dia 21 de março de 2001.
    Os 3 acusados, envolvidos no crime são bispos e pastores da Igreja Universal do Reino de Deus. Ainda segundo informações de Marion Terra, mãe de Lucas Terra, Fernando Aparecido da Silva, bispo de Feira de Santana, na Bahia e Joel Miranda, pastor da igreja de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, continuam "pregando" na igreja Universal e custam 1 milhão de reais que são pagos aos seus advogados.

    O autor do crime, pastor Silvio Roberto Galiza, também da Igreja Universal, foi condenado a 18 anos, mas já recebeu o benefício do regime semi-aberto...as famosas e terríveis "BRECHAS DA LEI" e já está em liberdade, sendo que a sentença que foi aplicada à família Terra foi a perpétua...a de chorar e sofrer até o último dia de suas vidas.

    Dia 21/03/2012 completou 11 anos da morte do adolescente Lucas Terra e o crime está prestes a prescrever e com isso os outros dois envolvidos, bispo e pastor, sairão ilesos.

    O promotor do caso garante que os outros dois acusados serão levados à júri popular, mas até o momento a data do julgamento não foi marcada e gostaríamos da ajuda da Record para que esse crime não fique Impune e os outros dois envolvidos sejam levados à julgamento.

    Certa de que seremos atendidos, na condição de amiga da família, cidadã e ativista, envio-lhe esse apelo para que enfim a família Terra possa ver a Justiça ser feita.

    Atenciosamente,

    Sandra Domingues
    São Paulo - SP

    ResponderExcluir