sexta-feira, 20 de setembro de 2013

1

Caso Aryane Thaís Justiça de fato feita ?

Arte: Solange Vieira

JUSTIÇA DE FATO FEITA? ESSE É O PREÇO DE DUAS VIDAS?!

Depois de 3 anos e meio da morte da jovem Aryane Thaís, de apenas 21 anos e do bebê que ela carregava no ventre, na madrugada de hoje (20) o assassino Luiz Paes de Araújo Neto foi condenado a 17 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado, porém irá aguardar os recursos em liberdade, visto que aguardou o processo todo solto.



Aryane, filha da nossa querida amiga de luta Hipernestre Carneiro, poderá descansar em paz, mas para a família Carneiro a luta ainda continua...até que o assassino seja preso e de fato a justiça, ainda que com uma pena vergonhosa dessa, seja feita.

Luiz Paes Neto foi levado à julgamento somente depois de 3 anos e meio do crime, respondendo o processo durante todo esse tempo em liberdade e agora, mesmo condenado, continuará aguardando os recursos em liberdade e quando finalmente preso cumprirá apenas 2/5 da pena...ou seja...7 anos de prisão...ESSE É O PREÇO que o estudante de Direito Luiz Paes de Araújo Neto pagará por ter assassinado Aryane Thaís e o bebê que ela esperava...filho dele. 

REFORMA DO CÓDIGO PENAL JÁ !!!
BRASIL PAÍS DE LEIS BRANDAS...ESTÍMULO À CRIMINALIDADE.

Do ocorrido:

A jovem, Aryane Thaís Carneiro de Azevedo, 21 anos, estava grávida quando foi estrangulada e teve o corpo abandonado as margens da BR 230 em João Pessoa-PB. 

A identificação do corpo só foi possível devido o exame de gravidez, com resultado positivo, que ela carregava em seu bolso. O crime aconteceu em 15/04/2010 e o acusado de tê-la assassinado é o pai da criança, comprovado através do teste de DNA.

O julgamento aconteceu em 19 de setembro de 2013 no Primeiro Tribunal do Júri - Fórum Criminal Osvaldo Trigueiro Albuquerque, Centro de João Pessoa - Paraíba  e a leitura da sentença foi feita às 03:00 na madrugada do dia 20.

Um comentário: